Notícias

Sindilojas Regional Bento aposta em campanha de conscientização sobre o combate à informalidade

11 de outubro de 2017

A Escola Municipal Vania Mincarone foi a escolhida para receber o pontapé inicial da campanha que visa educar e conscientizar alunos dos 4° e 5° anos do ensino fundamental para evitar o comércio informal. O trabalho é uma iniciativa da Comissão de Combate à Informalidade da Fecomércio-RS, da qual o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, é vice-coordenador. O ato na escola contou com a presença de Amadio, acompanhado pelo diretor executivo do Sindilojas, Valério Pompermayer, além do prefeito Guilherme Pasin, dos secretários de Educação, Iraci Luchese Vasques e de Desenvolvimento Econômico, Silvio Pasin. Também participaram a diretora da escola, Edna Freire, o coordenador do Procon, Maciel Giovanella e o vereador Rafael Pasqualotto, coordenador da Frente Parlamentar de Combate à Informalidade.

Além de distribuir cartilhas para os alunos, o Sindilojas entregou o mesmo material às professoras de outras escolas da rede municipal de ensino que prestigiaram o encontro. Conforme Amadio explicou, a campanha está acontecendo em todo o Estado e tem por objetivo mostrar aos alunos a importância do assunto. “Não podemos tolerar o comércio informal que prejudica nossa atividade e, além de não recolher tributos, é nocivo aos consumidores que querem apenas pagar menos por determinado produto sem levar em conta a procedência ou o quanto pode ser nocivo à sua saúde. Esta ação com as crianças é importantes para educar elas próprias e seus amigos e familiares”, avaliou Amadio.

O prefeito da cidade mostrou de forma lúdica aos pequenos o quanto a informalidade prejudica o município. “No momento em que os ambulantes deixam de recolher impostos e tributos, a prefeitura é prejudicada pela queda na arrecadação e, consequentemente, não consegue investir em serviços à população”, explicou Pasin. Na escola, professores já trabalham com os alunos, questões como ética e moral. “Procuramos sempre formar cidadãos para a vida aperfeiçoando o caráter de cada um deles. Essa ação do Sindilojas vai ao encontro dos nossos propósitos”, garante a diretora Edna Freire.

A cartilha da Fecomércio tem como título ‘Comércio informal: que bicho é esse?’ e mostra conceitos sobre pirataria, contrabando, falsificação de produtos tendo como ator principal o boneco Proconito. Assim como em Bento Gonçalves o material deve ser distribuído em todo o Estado.

Acesse aqui a Cartilha.