Notícias

Nota Técnica: Serviços registra alta em abril

14 de junho de 2018

Em abril, no Brasil, conforme a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo IBGE, a atividade de serviços registrou variação de 1,0% em relação ao mês anterior, na série com ajuste sazonal. Para o Rio Grande do Sul (RS), foi apurada alta de 5,7% no período. Frente a abril de 2017, houve aumento tanto no Brasil quanto no Rio Grande do Sul, de 2,2% e de 6,8%, respectivamente. No caso brasileiro, essa é a maior taxa desde março de 2015 (2,3%).

No acumulado do ano o país registrou variação de -0,6% enquanto que no estado a variação foi de 0,3%. Com esses resultados, o volume de serviços prestados acumula em 12 meses recuos tanto no país quanto no estado gaúcho, de 1,4% e 0,9%, respectivamente. Para o país, nessa mesma base de comparação, essa é a queda menos intensa desde agosto de 2015 (-1,2%), o que indica uma recuperação do setor. A pesquisa investiga estabelecimentos que tenham, no mínimo, 20 pessoas ocupadas e que possuam a maior parcela de sua renda oriunda da atividade de serviços.

Em termos desagregados, no resultado interanual, quatro das cinco atividades contempladas na pesquisa no Rio Grande do Sul apresentaram aumento. As altas mais intensas ocorreram em Serviços profissionais, administrativos e complementares (22,7%) e Outros Serviços (22,0%). No país, Outros Serviços e Transportes e serviços auxiliares aos transportes e Correio tiveram os principais aumentos, de 11,4% e 4,4% respectivamente.

O resultado dos serviços em abril vem em linha com o processo de recuperação econômica atual. No entanto, o setor ainda registra variação negativa nos últimos 12 meses. O ritmo de recuperação dos serviços deve permanecer ameno