Newsletter

Confiança do Comércio avança na margem em dezembro

27 de dezembro de 2019

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM), divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), teve aumento de 0,3% (0,3 pontos) em relação ao mês de novembro, na série com ajuste sazonal. Com isso, o índice atingiu os 98,1 pontos na série dessazonalizada. Quando comparado a dezembro de 2018, o ICOM teve variação de  -5,0% (-5,2 pontos) e registrou 98,4 pontos.

O resultado mensal foi influenciado pela percepção de um aumento no ritmo das vendas pelos empresários do setor. O Índice de Situação Atual (ISA) se elevou em 0,9%, aos 95,8 pontos, e atingiu o maior valor desde dezembro de 2018 (97,1 pontos). Já o Índice de Expectativas (IE) teve baixa de 0,4% e atingiu os 100,5 pontos. Na comparação interanual, a diminuição do ICOM foi reflexo da queda de 1,2% na Situação Atual (ISA) e da baixa de 8,0% no IE.

O ICOM encerra o ano apresentando melhora na margem e em patamar próximo aos 100 pontos (neutralidade). Ao longo do ano, após registrar queda nos primeiros meses, revertendo o avanço do fim de 2018, o ICOM iniciou uma tendência de alta. Contudo, muito gradual: enquanto o maior movimento percebido no comércio tem puxado o índice para cima, as expectativas, por outro lado, em trajetória acomodatícia, têm segurado o avanço do ICOM. Uma recuperação mais forte tende a acontecer com o aumento da confiança dos consumidores e uma melhora mais expressiva do mercado de trabalho.