Newsletter

Senac São Leopoldo oferece nova turma para curso inédito no RS na área de TI

24 de abril de 2020

Divulgação Senac-RS

Inscrições abertas para a segunda turma do Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue

O Senac-RS lançou uma capacitação inédita no Estado: o Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue. A novidade, resultado de uma parceria com a Unisinos e o Tecnosinos, tem o objetivo de capacitar profissionais em TI. As instituições uniram suas expertises para formação de profissionais por meio de um programa de desenvolvimento de novos talentos em Tecnologia da Informação, com o curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue.

A primeira turma do curso, iniciada em março, está acontecendo no formato on-line até o retorno das aulas presenciais, que acontecerão nas dependências do Tecnosinos. A capacitação faz parte do projeto Senac Skills, inicialmente operacionalizada pela escola Senac de São Leopoldo dentro do Tecnosinos. Ao longo de 2020 o projeto será levado para outros Parques Tecnológicos do Rio Grande do Sul.

De acordo com a pesquisa realizada pela Gartner, empresa líder mundial em pesquisa e consultoria na área de TI, gastos com o setor no Brasil crescerão 2,5% em 2020, totalizando US$ 64 bilhões. O estudo ainda prevê que o cenário mundial deverá se recuperar neste ano, com crescimento previsto de 3,7%, sendo que, até 2022, 70% das empresas estarão experimentando tecnologias imersivas para o mercado corporativo e de consumo.

Esse cenário demonstra a crescente necessidade de profissionais aptos a atuar na área de tecnologia e que tenham, além do domínio técnico, visão sistêmica, comunicação em outros idiomas, dentre outras habilidades. Ciente desse desafio, o Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistema Bilíngue busca preencher esta lacuna ao formar profissionais que sejam capazes de responder com competência suficiente às múltiplas e complexas demandas.

Para a diretora do Senac São Leopoldo, Lianamar da Silveira Rosa, as atividades desse profissional demandam a utilização da língua inglesa voltadas às áreas de desenvolvimento de software. “Um dos grandes diferenciais é a questão bilíngue. Neste curso serão trabalhadas competências relacionadas ao uso da língua inglesa em todas as unidades curriculares. Percebemos que essa era uma demanda do mercado, entre outras questões referentes à metodologia e organização curricular. A nossa qualificação é inédita e busca suprir as carências de uma área que está em constante crescimento”, afirma a dirigente.

O aluno Lucas Mendas da primeira turma do curso iniciado em março comenta como está sendo o início das aulas. “O início do curso foi além do que esperava. O Senac tem uma preocupação não apenas em passar conteúdo, mas sim construir profissionais. Como exemplo disso está o fato do curso ser bilíngue, o que será fundamental para nossa inserção no mercado de trabalho. A metodologia de ensino que nos foi apresentada, deixa claro a preocupação em nos tornar profissionais diferenciados, de acordo com a demanda que o mercado exige”.

Já estão disponíveis as inscrições para a segunda turma do Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue. As aulas começam no dia 10 de agosto e serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h. A carga horária total é de 1216 horas. Para realizar o curso é necessário estar cursando o 2º ano do Ensino Médio e ter, no mínimo, 15 anos de idade.

Mais informações podem ser obtidas no site www.senacrs.com.br/skills, pelo telefone (51) 3284-2310 ou através do Whatsapp (51) 99666-9134.

Sobre o Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

O Técnico em Desenvolvimento de Sistemas é o profissional que desenvolve sistemas computacionais utilizando ambiente de desenvolvimento, seguindo as normas e especificações da lógica e das linguagens de programação bem como a modelagem, implementação e manutenção do banco de dados. Executa o desenvolvimento, a manutenção e testes de programas de computador documentando o processo, adotando normas técnicas, de qualidade, de saúde, de segurança do trabalho e preservação ambiental no desempenho de sua função.

Atua em organizações públicas e privadas de qualquer segmento, tais como das áreas do comércio, de serviços, da indústria, de consultoria e de ensino e pesquisa, por meio da prestação de serviços autônomos, temporários ou contrato efetivo.