Newsletter

Pets na aula on-line: engajamento para os desafios do ensino on-line

19 de junho de 2020

Divulgação Senac-RS

Ensino Médio do Senac oferece momento semanal temático​ para escutar os jovens

Entendendo o valor que os animais têm na vida das pessoas, o Ensino Médio do Senac-RS preparou um momento especia para seus alunos. Na sexta-feira, dia 19 de junho, a escola promove o chamado Recreio Semanal, um encontro lúdico e on-line entre os alunos e seus professores. A diferença é que, dessa vez, a companhia dos animais de estimação fizeram a diferença. Para Antônia Neves, pedagoga do Ensino Médio Senac RS, o momento exige criatividade e diversão para manter os alunos interessados e atentos às aulas. “Buscamos desenvolver atividades que gerem conexão entre professores, equipe pedagógica e alunos, trazendo elementos da rotina deles, despertando o interesse e a motivação de estarem conectados com a escola.”

Em tempos de isolamento social, os bichinhos de estimação têm garantido um espaço especial nos corações de seus tutores. Companheiros inseparáveis são para muitos o alívio da pressão que a realidade atual impõe. Um estudo realizado em 2018 por psiquiatras da Clínica Médico-Psiquiátrica da Ordem na cidade do Porto, em Portugal, e publicado na revista científica Journal of Psychiatric Research mostrou melhoras significativas no tratamento de pessoas com quadros de depressão e solidão.

O isolamento social tem levado muitas pessoas a pensarem em adotar um “bichinho” para ter companhia e distração nessa fase difícil. O movimento é de grande importância, já que mais de 4 milhões de animais vivem em abrigos ou em situação de rua, segundo o Instituto Pet Brasil. A quantidade é a terceira maior do mundo, ficando atrás da China e dos Estados Unidos

As aulas on-line são o novo normal dentro da realidade do mundo. Saber lidar com isso é uma necessidade que os docentes estão tendo que se adaptar. Muitos não tiveram tempo para fazer isso com antecedência, tendo agora que aprender ao mesmo tempo que ensina. Prender a atenção de crianças e adolescentes é um desafio. Segundo dados divulgados em maio pelo Instituto Península, em pesquisa realizada com mais de 7 mil professores em todo país, 83% dos docentes não se sentem preparados para dar aulas on-line. O momento é de desafios e superação, como afirma a especialista. “O Senac RS está desenvolvendo suas aulas on-line desde o início do período de distanciamento social, com atividades diversificadas e inovadoras, trabalho coletivo e empatia, buscando amenizar os impactos do distanciamento e manter os estudantes engajados com a aprendizagem.”