Newsletter

Concessões de crédito livre tiveram novo recuo em maio

30 de junho de 2020

Em maio, o estoque total de crédito do sistema financeiro nacional (incluindo recursos livres e direcionados) teve variação de 0,3% frente a abril, e registrou avanço de 9,3% em relação a maio de 2019. Com isso, o saldo totaliza R$ 3,6 trilhões, conforme divulgado pelo Banco Central. Como proporção do PIB, o montante total de crédito atingiu 49,7%. Na região Sul, para operações iguais ou superiores a R$ 1 mil, o saldo total de crédito em maio foi de R$ 693,2 bilhões, com variação de 0,4% frente ao mês anterior e crescimento de 11,4% na comparação interanual.

As concessões de crédito livre tiveram queda de 4,6% em maio na comparação com abril, na série com ajuste sazonal. Em relação a maio de 2019, as concessões com recursos livres recuaram 15,3%. No acumulado em 12 meses, em relação ao ano passado, as concessões cresceram 12,3%, resultado das altas de 16,7% para pessoa jurídica e de 8,2% para pessoa física.

A taxa média de juros para as operações de crédito com recursos livres teve variação de -1,7 p.p. em maio, registrando 29,5% a.a.. O resultado teve influência do recuo de 1,8 p.p. na taxa às famílias, que atingiu 42,7%, e da taxa às empresas, que teve queda de 1,5 p.p., marcando 14,2%. A inadimplência superior a 90 dias, também para as operações com recursos livres, ficou estável em 4,0%, com a inadimplência das famílias em 5,5% e das empresas em 2,4%.

Após o boom na busca por crédito pelas empresas em março, os novos empréstimos com recursos livres tiveram o segundo mês de queda, deixando os níveis atuais de concessões abaixo do mesmo mês de 2019 em 9,4% para as empresas e 20,7% para as famílias. Observando as modalidades de crédito destinados às empresas, porém, observa-se que o financiamento para capital de giro permanece alto, ficando 78% acima dos desembolsos de maio do ano passado. Mesmo assim, a oferta dessa modalidade ainda deve ter ficado, provavelmente, aquém da demanda – algo que deve ser mitigado com a recente operacionalização do Pronampe, fundamental para fazer chegar o crédito aos menores.