Newsletter

Estão abertas as inscrições para assistir aos espetáculos do Projeto Transit

30 de outubro de 2020

Evento acontece de 3 a 5 de novembro e terá exibição virtual das peças “Wonderlan Ave.” e “Avenida das Maravilhas” (Foto: Divulgação)

 

A edição de 2020 do Projeto Transit, realizada pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc e pelo Goethe-Institut Porto Alegre, está com inscrições gratuitas abertas para o público que deseja assistir aos espetáculos, que serão exibidos on-line de 3 a 5 de novembro. Com apresentações marcadas para o Festival Palco Giratório e, depois, em temporadas regulares no Goethe-Institut, as peças Wonderland Ave. e Avenida das Maravilhas foram adaptadas para o ambiente virtual após as restrições causadas pela Covid-19. Quem quiser receber o link para acessar a plataforma de transmissão, deve se cadastrar no site www.sesc-rs.com.br/transit. As inscrições seguem abertas até às 16h do dia de cada espetáculo.

Neste ano, os grupos do diretor Leandro Silva (Wonderland Ave.) e da diretora Júlia Ludwig (Avenida das Maravilhas) apresentarão suas versões para o texto da autora alemã Sibylle Berg. Com tradução de Luciana Waquil, inédita no Brasil, a peça aborda um futuro distópico, em que a inteligência artificial deixa o humano para trás. Após a apresentação do dia 5, será realizado o bate-papo Processos de Criação: Trânsitos entre a sala física e a sala virtual, com Leandro Silva (Diretor Wonderland Ave.), Júlia Ludwig (Diretora Avenida das Maravilhas), Michele Rolim (Agora Crítica Teatral) e Henrique Saidel (Agora Crítica Teatral).

O Projeto Transit integra a programação do Arte Sesc – Em Casa com Você, que tem como objetivo oferecer uma programação plural para o público e incentivar a classe artística neste período de distanciamento social. O projeto do Sistema Fecomércio-RS/Sesc reúne as mais diversas linguagens com apresentações, workshops, oficinas e bate-papos que contemplam teatro, circo, dança, cinema, artes visuais, literatura e música. A programação completa pode ser conferida no site https://www.sesc-rs.com.br/cultura/artesescemcasa.  

 

Projeto Transit

Data: 03 a 05/11

Horário: 20h

Inscrições: são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.sesc-rs.com.br/transit

Realização: Sistema Fecomércio-RS/Sesc e Goethe-Institut Porto Alegre

Parceria Cultural: Agora Crítica Teatral

 

Wonderland Ave – Experiência de Criação Cênica em Confinamento

Data: 03/11 (Terça-feira)

Horário: 20h

Sinopse: Uma experiência nascida da fricção entre teatro, confinamento social e audiovisual, mesclando o texto da obra de Sibylle Berg com a crueza da experiência pessoal de confinamento de cada um. Para a adaptação do projeto, a equipe dispensa cenários e figurinos elaborados e abusa de recursos como ligações telefônicas, maquetes, miniaturas, videoconferência e registros em vídeos nas casas dos artistas. Ensaio e cena, processo e produto, sem uma fronteira nítida. Corpos e presenças em trânsito, da sala física às arenas virtuais, do edifício teatral para as casas do diretor, da atriz, dos atores e técnicos, um “teatro do possível” para se somar a tantas experiências teatrais na pandemia em todo mundo, tão diferentes quanto potentes. O trabalho contou com a colaboração do Coletivo Catarse de Comunicação e será veiculado em volume único via streaming.

Duração: 50 minutos 

Classificação Indicativa: 12 anos 

Técnicas: Teatro Filmado e Teatro de Miniaturas 

Direção teatral: Leandro Silva

Direção audiovisual: Billy Valdez 

Elenco: Márcia Metz, José Renato Lopes, Paulo Roberto Farias e Marco Marchessano

Adaptação de roteiros: coletivo da equipe 

Desenho e criação de maquetes e miniaturas: Silvia Serrano 

Trilha Sonora: Paulo Betanzos

Projeto Visual: Silvia Serrano e Leandro Silva 

Captação, edição e pós-produção: Coletivo Catarse de Comunicação 

Foto: https://drive.google.com/file/d/1Mg7IACbcav69XNiNLUJk2ebZfYWxhueN/view?usp=sharing

Crédito da foto: Márcia Metz

 

Avenida das Maravilhas – Ep.1 e Ep.2

Data: 04/11 (Quarta-feira)

Horário: 20h

Sinopse: Avenida das Maravilhas é um espaço de residência para pessoas numa realidade distópica, onde a máquina dominou completamente as atividades humanas. Sob a supervisão e vigilância contínua de robôs, as pessoas enfrentam uma derradeira competição entre si em busca do grande prêmio, travando um diálogo tragicômico entre humanos e máquinas. O texto foi especialmente adaptado da versão teatral para virtual, utilizando recursos audiovisuais, dentro do contexto do isolamento social, conferindo ainda mais realidade ao texto estranhamente atual de Sibylle Berg. A competição ao qual os humanos estão submetidos se relaciona com nosso intenso trabalho nas redes sociais e no mundo digital, especialmente neste período. Através de animações 3D damos vida à “Avenida das Maravilhas”, que ganha ares de vídeo-game onde os humanos travam jogos em busca da sobrevivência. Dividida em três episódios, a obra conta com uma trilha sonora especialmente composta e proporciona uma reflexão fundamental para nossos tempos.

Adaptação e Direção: Júlia Ludwig

Produção: Cia Circular

Efeitos Visuais, Direção de Arte e Identidade Visual: Tomás Piccinini

Direção de Fotografia e Consultoria linguagem audiovisual: Gabriel Faccini

Montagem: Tomás Piccinini e Gabriel Faccini

Iluminação e elétrica: Carol Zimmer

Colorista: Martino Piccinini

Direção Musical: Tomás Piccinini

Captação e Design de Som: Duda Cunha

Elenco: Chico de Los santos, Dani Dutra, Diego Machado, Juliano Barros, Kaya Rodrigues e Thiago Pirajira

Participação Especial: Miguel Rosa

Concepção de figurinos: Margarida Rache

Assistência de figurinos: Patrícia Preiss

Costuras: Antonia Maria de Lourdes Silveira

Acessórios e Assistência de Produção: Chico de Los Santos 

Foto: https://drive.google.com/file/d/1PsJg_Od18zOGfzn8Pw5njS-kj-NsXkLJ/view?usp=sharing 

Crédito da Foto: Tomás Piccinini

 

 

Avenida das Maravilhas – Ep.3

Data: 05/11 (Quinta-feira)

Horário: 20h

 

Processos de Criação: Trânsitos entre a sala física e a sala virtual

Data: 05/11 (Quinta-feira)

Horário: após o espetáculo

Sinopse: Bate-papo final, em que o tema disparador é a passagem/adaptação dos projetos iniciais/presenciais para uma nova configuração virtual, e tudo o que isso implicou/implica em relação aos processos de criação e o contato com o público.

Participantes: Leandro Silva (Diretor Wonderland Ave.), Júlia Ludwig (Diretora Avenida das Maravilhas), Michele Rolim (Agora Crítica Teatral) e Henrique Saidel (Agora Crítica Teatral)

Mediação: Rodrigo Vrech