Newsletter

Índice de Confiança do Empresário do Comércio desaba 8,5% em abril, refletindo os primeiros efeitos da crise

18 de maio de 2020

@iStock

A Fecomércio-RS divulga nesta segunda-feira, dia 18, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC-RS) de abril. O resultado da sondagem indica a primeira reação da confiança dos empresários do comércio logo após as primeiras medidas de isolamento social no mês de março. O período de coleta dos dados refere-se aos últimos 10 dias de março.

Na passagem do mês, o ICEC-RS passou de 124,7 pontos em março foi para 114,2 pontos em abril, uma queda de 8,5% ante o mês anterior – magnitude que não era registrada desde abril de 2015. O resultado na margem refletiu os recuos nos três índices que o compõe: -9,8% nas Condições Atuais (101,4 pontos), -9,2% nas Expectativas (142,1 pontos) e -6,1% nos Investimentos (99,1 pontos). Entre todos os subcomponentes dos índices, o relativo ao nível de investimento registrou o menor valor, 89,5 pontos, depois de cair 8,1% na comparação mensal. Em relação ao mesmo período do ano anterior (-0,8%), foi a primeira taxa negativa desde setembro de 2017.

Segundo o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, no final de março, o empresário começou a se preparar ao perceber que as condições vinham se deteriorando. “Porém, a incerteza nesse período sobre o tamanho da crise que viria e o tempo que o comércio seria mantido fechado virou, infelizmente, uma certeza no mês seguinte, com consequências devastadoras. Apesar de ser um cenário muito difícil, continuamos empregando todos os nossos esforços para que todas as pessoas e os negócios possam sobreviver a essa crise” afirmou Bohn.

Veja aqui a análise completa do ICEC.