Newsletter

Como perder o medo de falar em público?

8 de julho de 2021

Divulgação Senac-RS

Especialista dá dicas de ações e treinamentos para adquirir habilidade na oratória

Segundo dados da Instituição Paulo Montenegro, em parceria com a ONG Ação Educativa, apenas 8% dos brasileiros entre 15 e 64 anos sabem se expressar, se comunicar e compreender efetivamente. Além disso, o medo de falar em público inibe muitas pessoas em entrevistas de emprego e apresentações, pois se comunicar bem tem sido pré-requisito para muitas vagas atualmente. Quem desenvolve essa habilidade está um passo à frente dos outros candidatos.

Segundo a docente da área de Comunicação do Senac Bento Gonçalves, Jane Maria Dalpizzol Ficagna, o fator requer muito estudo e preparação. “Não é uma tarefa fácil. O medo é normal. Quanto mais praticarmos, mais habilidosos seremos nessa arte”, enfatiza. Por isso, a docente preparou algumas dicas para controlar o medo de falar em público. Confira:

Exponha-se mais. Quando o medo aparecer, encare-o.

Controle o nervosismo, tendo pensamentos positivos.

Prepare-se para o momento que for falar em público.

Antes de pensar como, saiba o que falar.

Organize sua fala com início, meio e fim.

Chame sua voz com a respiração.

Evite vícios de linguagem como: “tipo assim”, “né”, “aham”, etc.

Não sofra por antecedência: antes do momento de falar em público, fique em um lugar calmo e sem pessoas negativas no entorno.

A prática irá lhe proporcionar autoconfiança e controle do medo.

Em épocas de home office, na qual as reuniões são de forma on-line, falar e escrever corretamente, de acordo com a docente, tornou-se muito importante. “Precisa-se ter uma boa postura diante da câmera e, também, falar com boa articulação, entonação e impostação, para que se possa ser bem entendido e interpretado”, recomenda.

Jane afirma que cursos na área promovem treinamentos e auxiliam bastante, pois desenvolvem diversas técnicas práticas. É o caso da formação de Dicção, Desinibição e Oratória do Senac Bento Gonçalves. Com carga horária de 30 horas, o curso busca aprimorar o desenvolvimento pessoal, aperfeiçoar o uso da comunicação como a principal ferramenta de trabalho, qualificando não só a prestação de serviços, mas as relações sociais básicas.

O aluno aprenderá desde a utilização corretamente da impostação de voz até aplicar técnicas de expressão facial adequadas aos diferentes contextos. “A metodologia consiste em unir a teoria com a prática, sendo trabalhadas as técnicas e práticas na sala de aula. O docente também propõe desafios para o aluno colocar em prática fora da sala de aula”, explica.

Mais informações sobre o curso podem ser encontradas no site da escola www.senacrs.com.br/bento ou obtidas pelo WhatsApp (54) 99255-7649.