Notícias

Espetáculo com bailarinos surdos é destaque no primeiro final de semana do 16º Festival Palco Giratório Sesc

13 de maio de 2022

Aclamada pela crítica, peça “A Hora da Estrela ou o Canto de Macabéa” também enriquece o cenário cultural de Porto Alegre, com apresentações neste sábado e domingo

 

Desde quinta-feira, dia 12, Porto Alegre respira cultura com a retomada presencial do Festival Palco Giratório Sesc, que iniciou sua 16ª edição. Para o primeiro final de semana, três espetáculos circulam por espaços da Capital, com temáticas para crianças e adultos. A programação completa do evento, que vai até o dia 29 de maio, pode ser conferida no site www.sesc-rs.com.br/palcogiratorio

Em um encontro inesperado, bailarinos surdos e ouvintes se juntam para dançar o passinho em “Se Piscar Já Era”, performance que combina ritmo, mãos, pés e expressões faciais de e para quem “escuta” e sente o mundo de forma diferente. Com direção e coreografia de Rodrigo Vieira (SP), o grupo sobe ao palco do Teatro Sesc Alberto Bins  (Av. Alberto Bins, 665) nesta sexta, dia 13 e no sábado, dia 14, às 19h. A classificação indicativa é livre e a apresentação é acessível a surdos e ouvintes.

 O Theatro São Pedro será cenário para a peça “A Hora da Estrela ou o Canto de Macabéa”, que abrilhanta a programação do Festival em duas apresentações: no sábado, dia 14, às 21h e no domingo, dia 15, às 18h. Com adaptação e direção de André Paes Leme (RJ), a obra de Clarice Lispector retrata a saga da migrante nordestina Macabéa, cuja vida no Rio de Janeiro é marcada pela ausência de afeto e poesia. Vista pela sociedade como uma mulher desprovida de qualquer atrativo, ela se contenta com uma existência medíocre. O elenco é composto pelas atrizes Laila Garin e Claudia Ventura e o ator Leonardo Miggiorin, com direção musical de Marcelo Caldi e canções originais de Chico César. 

No domingo, a partir das 11h, a companhia TIA Teatro (RS) estará no Parque Farroupilha (Expedicionário, na Redenção), com o espetáculo circense “Histórias de Circo Sem Lona”. Livre para todas as idades e gratuita, a performance mostra as artimanhas de três palhaços “sem eira, nem beira”, que não têm muitos dotes e precisam encontrar uma forma de ganhar a vida e conquistar o pão de cada dia. Em caso de chuva, o espetáculo será transferido para o domingo seguinte, dia 21, às 14h, ao lado do campo de bocha. 

Realizado pelo Sesc/RS, com apoio do Governo do Rio Grande do Sul, Prefeitura de Porto Alegre, Instituto Estadual de Artes Cênicas, Casa de Cultura Mario Quintana, Associação dos Amigos da Casa de Cultura Mario Quintana e Hotel Plaza São Rafael, o 16º Festival Palco Giratório contará com 44 apresentações presenciais até o dia 29 e 16 ações formativas, em sua maioria on-line, proporcionando aproximação entre público e artistas de diversas regiões do País.

 

Ingressos

A venda dos ingressos para os espetáculos acontece nas Unidades Sesc de Porto Alegre e Região Metropolitana, além do site www.sesc-rs.com.br/palcogiratorio e, havendo disponibilidade, 1h antes de cada apresentação na bilheteria dos respectivos teatros. Em caso de chuva, a programação na rua poderá ser alterada. Confira, antecipadamente, a classificação etária de cada apresentação nos canais digitais. Mais informações também pelo telefone (51) 3284-2072. Os valores são R$15 para usuários dos cartões Sesc/Senac nas categorias Comércio e Serviços ou Empresários, estudantes, classe artística e idosos acima de 60 anos; R$30 para o público em geral. Para os espetáculos no Theatro São Pedro, são R$25 para os usuários dos cartões Sesc/Senac nas categorias Comércio e Serviços ou Empresários, estudantes, classe artística e idosos acima de 60 anos, e R$50 para o público em geral.

 

Ações formativas – Intercâmbios e Conexões

Com objetivo de manter o intercâmbio entre a classe artística dos diferentes cantos do Brasil, as ações formativas, em sua maioria, ocorrerão em ambiente virtual, por meio da plataforma Zoom. A participação é gratuita e as pessoas interessadas podem solicitar acesso às salas enviando um e-mail com o nome completo, data e horário do encontro que desejam participar para palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br. Serão 16 encontros de 17 a 27 de maio, que abordarão temas como tecnologia, políticas públicas, impacto da pandemia nas artes cênicas e festivais híbridos.

 

Exposição no MARGS

Em mais uma demonstração da importância da arte da cultura, o Sesc/RS apoia, ainda, a exposição “Presença Negra no MARGS”, que acontece de 14 a 21 de maio (exceto na segunda-feira). Sugerindo o pensamento a respeito da presença e representatividade de artistas negros e negras no Acervo Artístico, o evento é gratuito e será realizado no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Praça da Alfândega, s/n, Centro Histórico – Porto Alegre). 

 

Assessoria de imprensa

Moglia Comunicação – sesc@moglia.com.br

Jéssica Mello – (51) 99546-6464

Shállon Teobaldo – (51) 99324-8677

Sesc/RS – jornalismo@sesc-rs.com.br

Bruna Machado – (51) 994508286 / (51) 997250419